A trajetória de sucesso da Nigro está fortemente ligada à persistência de seu fundador, Arcângelo Nigro. Nascido em Itápolis, município na região central do Estado de São Paulo, chegou a Araraquara em 1943. Seu destino era o Paraná, mas ele gostou da cidade, onde tinha parentes, e acabou se instalando. Com a ajuda de seus quatro filhos, montou uma oficina para produzir pequenos artefatos de alumínio e cobre.

O ofício de ferreiro e tantas outras habilidades, além do espírito criativo de Arcângelo, levaram a Nigro a dar os seus primeiros passos. Naquela época, ele transformava latas de óleo e de massa de tomate, além de outras embalagens, em utensílios para a cozinha.

O processo era artesanal e incluía toda a família. No começo, eles recolhiam as latas de casa em casa, mas depois de algum tempo os próprios moradores da cidade passaram a levar o material à pequena oficina, localizada no centro da cidade. Enquanto os filhos contavam as latas e as cortavam em peças, o patrono trabalhava na confecção de canecas e na solda dos cabos. A família produzia, ainda, chapinhas para fixação dos fios da vassoura, que eram vendidas para uma fábrica de um município vizinho de Araraquara.

COZINHA Nigro

3 itens
Ordenar por